Sete dicas antifurto para prevenir perdas no varejo

Sete dicas antifurto para prevenir perdas no varejo

Investir em soluções de segurança já não é mais opção para o varejo. É fator decisivo para o sucesso ao final de cada mês. Reduzir os incidentes na loja e permitir uma boa exposição de produtos é a meta. Esse artigo é um guia para lhe ajudar a aumentar a proteção da sua loja, além de garantir a melhor exposição de cada produto. Confira.

Atitudes suspeitas – Treine sua equipe para reconhecê-las

Oriente sua equipe sobre como detectar as atitudes suspeitas, diferenciando-as de atitudes de clientes normais da loja. Há algumas atitudes suspeitas que são mais comuns, como por exemplo, passar mais tempo observando a movimentação da equipe do que realizando compras e voltar várias vezes ao mesmo ponto da loja; levar muitos itens ao provador e só sair com um; ter muitas malas, bolsas, ou itens que permitam o armazenamento de grandes volumes; e até mesmo usar um cúmplice para chamar a atenção, enquanto a ação de furto ocorre em outro ponto da loja. Além disso, há quem evite contato visual e aja de maneira nervosa, incomodada com alguma coisa.

Elimine os pontos cegos – Pense no layout da sua segurança

Otimize o layout da sua loja e instale espelhos em área onde não haja alcance visual. Assegure-se de que todas as áreas estejam iluminadas adequadamente. Mantenha também a loja sempre arrumada, pois uma loja limpa e organizada indica um maior controle, o que inibe os furtos nas lojas de varejo.

Escolha gôndolas e prateleiras com até um metro de altura e encoste nas paredes os expositores mais altos. Se o expositor for maior, deixe espaços entre as prateleiras que permitam a visibilidade dos corredores.

Sua equipe mais visível – Ser visto pelos clientes é fundamental

Garanta que a equipe da loja esteja visível e atenta. Cumprimente o cliente ao entrar no estabelecimento e deixe claro que um membro da equipe sabe da sua presença ali. É importante dar atenção especial a clientes que estão nos provadores, por isso, por exemplo, oriente o vendedor a perguntar seu nome sempre que possível.

Caso o cliente esteja demorando mais do que o habitual ao provar um item, o vendedor deverá questionar se está tudo bem e se o cliente precisa de ajuda. Aqueles com a intenção de furtar tendem a evitar lojas com equipe de vendas atenta.

Quando posicionados ao longo dos corredores, as prateleiras ou os displays muito altos podem obstruir a visão da equipe, por isso o ideal é posicionar o mobiliário mais alto ao longo das paredes.

O caixa é fundamental – escolha a localização mais inteligente

Outro fator importante para manter a segurança é a localização do caixa. Não o esconda nos fundos, mas também não o deixe muito próximo da entrada. Escolha um local com boa visibilidade da porta e para quem está do lado de fora.

É vital que quem esteja no caixa tenha total controle visual dos clientes. O local indicado como melhor opção é na parede lateral mais próxima da entrada. É importante também que o balcão do caixa não tenha muitos expositores atrapalhando a visibilidade. A melhor opção é aqueles balcões vitrine, de forma que o cliente veja os produtos e o caixa consiga ver os clientes e todos os que entram e saem do local.

Equipamentos antifurto – Instale etiquetas, antenas e cadeados

Os sistemas antifurto compostos por antenas, etiquetas e desativadores ou desacopladores, são ideias para a prevenção de furtos nas lojas de varejo. Veja dois produtos básicos:

– As etiquetas eletrônicas devem ser aplicadas aos seus produtos, desde roupas até carnes ou itens de perfumaria. No ato da compra a etiqueta é removida ou desativada. Caso a etiqueta não tenha sido desativada, as antenas de segurança posicionadas na saída da sua loja disparam o alarme visual e sonoro;

– Os cadeados para celular são equipamentos antifurto que garantem a segurança e exposição dos produtos para o cliente. Além de promover a degustação, pois o consumidor pode manusear o produto e ter experiências sensoriais (sua textura, peso, designer diferenciado). Há opções mecânicas, onde um sistema robusto prende o telefone à bancada expositora, e modelos eletrônicos que contam com a alimentação de energia para os telefones, alarmes sonoros e visuais que são ativados quando os cabos são rompidos ou desconectados, inibindo o furto.

Instale CFTV – Sistemas de monitoramento por imagem

O Sistema de CFTV (Circuito Fechado de Televisão) é uma ferramenta importante na prevenção e detecção de furtos nas lojas de varejo.

É importante que as câmeras tenham qualidade suficiente, pois imagens distorcidas ou que não estejam nítidas não poderão ser usadas como evidência posteriormente. Opte por câmeras digitais (não-analógicas) com sistemas de transmissão de imagens em tempo real pela internet – assim sua equipe de gerência poderá monitorar as unidades de forma remota.

Consulte um especialista e siga as boas práticas para captura de imagens de forma ética e sem prejuízo da privacidade dos clientes ou equipe. Os consumidores devem estar cientes de que as câmeras estão em funcionamento, por isso use uma sinalização clara e visível.

Comunicação e acesso – Crie um ambiente de segurança

Usar informação visual garante que aquele com a intenção de furtar um produto saiba quais são as medidas preventivas utilizadas pela loja e, assim, pode dissuadi-lo já em um primeiro momento, antes mesmo da tentativa de furto. Um exemplo de tais informações são as placas de ambiente monitorado.

Também, use sistemas de controle de acesso para proteger partes específicas da loja, permitindo acesso restrito a funcionários – por exemplo, não permita que pessoas não autorizadas entrem em áreas de estoque.

Seguindo essas dicas você conseguirá diminuir o risco de furtos em seu comércio e consequentemente aumentar seus lucros, mas se desejar desenvolver ainda mais a cultura de prevenção em seu negócio, contrate profissionais desse setor, a Abrappe pode ser uma grande aliada nessa busca de profissionais e conhecimentos da área de prevenção de perdas.

Fonte: Atlas Sistemas Antifurto

No Comments

Post A Comment